Petróleo fecha com alta, sustentadas pela queda bem maior que a esperada nos estoques de óleo cru e gasolina nos EUA

LinkedIn

As cotações do petróleo subiram nesta quarta-feira, sustentadas pela queda bem maior que a esperada nos estoques de óleo cru e gasolina nos EUA e dados mostrando exportação recorde do país na semana passada.

Já no fim da sessão, a queda do dólar após o Fed subir o juro dentro do esperado (0,75pp) ampliou os ganhos da commodity. Segundo o DoE, os estoques de petróleo caíram 4,5 milhões de barris na semana, ante previsão de -700 mil.

Os de gasolina diminuíram 3,3 milhões de barris, ante previsão de -100 mil. Já as exportações dos EUA aumentaram 21% para 4,55 milhões de barris por dia na semana encerrada em 22 de julho.

Segundo analistas, o aumento da diferença entre o WTI e o Brent tem incentivado as vendas do primeiro, mais barato, com a Europa tentando suprir as lacunas deixadas pela queda das exportações da Rússia.

No fechamento, o Brent para outubro subiu 2,22%, a US$ 101,67 por barril, na ICE. O WTI para setembro avançou 2,40%, a US$ 97,26 por barril, na Nymex.

Informações BDM

Deixe um comentário