Unidas (LCAM3): lucro líquido de R$ 213 milhões no 2T22, queda de 11,7%

LinkedIn

A Unidas registrou prejuízo líquido de R$ 49,9 milhões no segundo trimestre, revertendo o lucro líquido de R$ 239,5 milhões de um ano antes. Em termos ajustados, houve lucro líquido de R$ 213 milhões, queda de 11,7% na comparação anual.

A receita líquida total atingiu R$ 1,94 bilhão no segundo trimestre, avanço de 23,8% na comparação anual. Na locação, o indicador marcou R$ 1,1 bilhão de abril a junho, alta de 49,8% sobre igual intervalo de 2021. Em seminovos, houve ligeiro avanço de 0,8% na mesma base de comparação, para R$ 838,8 milhões.

Ebitda – juros, impostos, depreciação e amortização – ajustado consolidado alcançou R$ 843 milhões de abril a junho, alta de 51,3% sobre igual intervalo de 2021. Com isso, a margem Ebitda (sobre a receita de locação) foi de 76,2% no segundo trimestre, ante 75,4% um ano antes.

No 2T22, houve uma expansão de 42,0% na receita líquida da divisão de Aluguel de Carros, com crescimento de 13,6% no volume e 24,9% na diária média, em comparação com o 2T21. O aumento da diária média visa readequar o nível de retorno da operação em contexto de aumento dos preços dos carros, inflação e juros mais elevados.

Mesmo após o fim da alta temporada, a tarifa média do trimestre foi de R$103,1, com a captura de novos aumentos sequenciais de preços em segmentos de maior duração. A taxa de utilização foi de 79,7%, reforça a capacidade da companhia de capturar demanda, mesmo em contexto de repasse de preço, além da gestão eficiente da frota com maior quilometragem média.

No segmento de aluguel de carros, a tarifa média atingiu R$ 103,9 no trimestre, alta de 41,9% na comparação anual. O número de diária foi de 4,9 milhões, alta de 8,9% no ano. Na terceirização de frotas, o número de diárias foi de 10,1 milhões, recorde, alta de 27,6%. Em seminovos, houve venda de 12,5 mil veículos, a R$ 67,1 mil por carro.

O resultado financeiro no segundo trimestre foi negativo em R$ 341,3 milhões, forte alta na comparação anual, impactado negativamente pela alta na taxa de juros nos últimos trimestres, bem como aumento da dívida líquida da companhia, que chegou a R$ 9,4 bilhões no fim de junho.

Os resultados da Unidas (BOV:LCAM3) referentes suas operações do segundo trimestre de 2022 foram divulgados no dia 11/08/2022. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário