ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

Momento Cripto de segunda-feira (27/11/23): Standard Chartered testa e-CNY, Bifurcação AtomOne a ser lançada na Cosmos, e mais

LinkedIn

Richard Teng assume a Binance com planos de expansão

Após a saída de Changpeng Zhao, Richard Teng, ex-diretor da Binance, agora CEO, anunciou seu plano de expandir a exchange de criptomoedas. Em um post de 27 de novembro, Teng revelou ter o apoio da liderança da Binance e de CZ, que deixou o cargo seguindo um acordo com autoridades dos EUA. Ele focará em crescimento e adoção da Web3, prometendo atualizações frequentes à comunidade. O futuro da Binance sob Teng, equilibrando a supervisão dos EUA e a saída de CZ, permanece incerto, embora não tenha havido fuga de fundos após o acordo.

OKX lança serviços cripto e Web3 no Brasil, visando liderança no mercado

OKX, uma exchange de criptomoedas e desenvolvedora Web3, anunciou sua expansão no Brasil, introduzindo uma exchange local de criptomoedas e uma plataforma de carteira Web3. A empresa, em 27 de novembro, revelou seu foco em facilitar o acesso a finanças descentralizadas (DeFi) e negociações de criptomoedas com rampa fiduciária em reais. Segundo Guilherme Sacamone, gerente geral da OKX Brasil, o mercado brasileiro possui grande potencial para liderança em criptomoedas e DeFi. A OKX destaca a demanda brasileira por transparência na segurança dos investimentos e a importância da prova de reservas na legitimidade do mercado de criptomoedas. A expansão para o Brasil, um dos principais mercados de criptomoedas da América Latina, representa um compromisso significativo da OKX com a comunidade cripto no país.

Hong Kong mantém período de carência para exchanges de criptomoedas apesar de escândalos

Apesar dos recentes escândalos, Hong Kong decidiu manter o período de carência de um ano para suas exchanges de criptomoedas. Julia Leung, CEO da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros, enfatizou que fraudes podem ocorrer independentemente do prazo. As exchanges têm até junho de 2024 para obter uma licença VASP ou enfrentarão cancelamento de registro, mas podem operar provisoriamente durante esse período. A região testemunhou escândalos significativos, como o colapso da JPEX e o suposto esquema Ponzi da Hounax, causando grandes perdas financeiras. A HKVAEX, vinculada à Binance, está entre as que buscam licenciamento.

Standard Chartered testará Yuan Digital da China como primeiro banco estrangeiro

O banco britânico Standard Chartered (LSE:STAN) se unirá aos testes do yuan digital chinês, e-CNY, tornando-se um dos primeiros bancos estrangeiros a fazê-lo. Conforme anunciado em 27 de novembro, o banco, através da City Bank Clearing Services Co, oferecerá aos clientes a possibilidade de comprar, trocar e resgatar e-CNY. Xiaolei Zhang, presidente do Standard Chartered China, expressou otimismo sobre o futuro do Renminbi digital. “Como um banco internacional enraizado no mercado chinês há 165 anos, o Standard Chartered está otimista quanto às perspectivas de desenvolvimento do Renminbi digital”, disse Zhang. O banco também participará do programa piloto de testes do e-CNY em 26 cidades e províncias chinesas, explorando áreas como pagamentos comerciais internacionais e financiamento da cadeia de suprimentos. Além disso, o Standard Chartered colaborou em projetos anteriores relacionados a CBDCs, como a “Ponte de Moeda Digital do Banco Central Multilateral” em Hong Kong e a publicação de um relatório sobre CBDCs com a PricewaterhouseCoopers China.

Nine Blocks Capital Management obtém licença VARA em Dubai

Nine Blocks Capital Management se tornou o primeiro fundo de hedge de criptomoedas a obter uma licença da VARA em Dubai e está mudando sua sede global para lá. Dubai tem atraído empresas de criptografia devido a uma regulamentação favorável e abrangente. Henri Arslanian, cofundador da Nine Blocks, destaca a criação de um ecossistema cripto em Dubai, com muitas contrapartes do fundo localizadas próximas. Nine Blocks adota uma estratégia de negociação neutra em relação ao mercado, focando em arbitragem e aproveitando as ineficiências do mercado cripto.

BlockFi e Vrai Nom chegam a acordo na complexa falência

BlockFi, uma empresa de empréstimos de criptomoedas, conseguiu um acordo com a Vrai Nom Investment durante seu complicado processo de falência, sinalizando um momento importante na superação de seus desafios financeiros. O acordo surge após a falência declarada em novembro de 2022, e a empresa espera continuar enfrentando as consequências de um mercado de criptografia tumultuado. O desenvolvimento ocorre após a BlockFi emergir de um período de retiradas congeladas e reestruturação intensa, destacando a natureza interconectada do setor de criptomoedas. O acordo entre BlockFi e Vrai Nom pode resolver questões legais pendentes, embora os detalhes ainda estejam sendo finalizados.

Jae Kwon da Cosmos lança bifurcação AtomOne após votação controversa

Jae Kwon, cofundador da Cosmos (COIN:ATOMUSD), está criando uma bifurcação da rede principal Cosmos Hub, chamada AtomOne, com seu próprio token ATOM1. Isso segue a aprovação da proposta 848, que limita a inflação do Atom a 10%. A nova rede premiará principalmente os opositores da proposta, excluindo os que votaram a favor. Cerca de 10% do fornecimento inicial será pré-minerado para vários propósitos. AtomOne manterá o algoritmo original da Cosmos e terá um novo token de taxa, Photon (phATOM1), funcionando ao lado de ATOM1. Esta bifurcação, que mantém muitos recursos do Cosmos Hub, como o IBC, ocorre após debates sobre a segurança da rede e a taxa de inflação.

Justin Sun responde a alegações de uso de Tron por terroristas

Justin Sun, criador da Tron (COIN:TRXUSD), reagiu a um relatório da Reuters em 27 de novembro, que apontava uso crescente da rede por organizações terroristas. Ele destacou a descentralização do Tron, enfatizando seu compromisso com a segurança e transações eficientes, sem negar as alegações.“Embora estejamos empenhados em combater o financiamento do terrorismo através da integração de vários projectos de análise e parceiros, a nossa principal prioridade continua a ser manter a descentralização, garantir a segurança dos activos de todos e fornecer transacções instantâneas, acessíveis e fiáveis, como sempre foi o caso”, disse Sun em um post. Tron, conhecida por sua facilidade e baixo custo, tem sido usada por grupos terroristas, segundo a Reuters e outras fontes, apesar de argumentos da indústria de criptomoedas de que o financiamento terrorista ainda depende majoritariamente de canais financeiros tradicionais.

Primex Finance expande para Arbitrum One, aprimorando flexibilidade e alcance

Primex Finance, um protocolo de negociação de margem à vista para DEXs, expandiu para Arbitrum One, marcando um passo significativo em suas iniciativas multichain. Já ativo no Polygon PoS, o protocolo oferece aos usuários maior flexibilidade e uma melhor experiência, ampliando seu alcance. A Primex conecta credores e traders para negociações alavancadas em DEXs, fornecendo aos credores APYs elevados e aos traders, ferramentas semelhantes às dos CEXs. A negociação com margem é facilitada através de uma rede descentralizada de Keepers, evitando backends centralizados. A expansão para Arbitrum One, conhecida por suas transações rápidas e econômicas, permite à Primex acessar um público mais amplo e capitalizar no TVL de US$ 7 bilhões da plataforma.

Thomas Chippas assume como CEO da Argo Blockchain

Argo Blockchain (NASDAQ:ARBK) nomeou Thomas Chippas como novo CEO. Chippas, com vasta experiência em criptografia e finanças, é elegível para receber 2,85 milhões em ações da Argo. Antes, liderou a CBOE Digital e fundou a ErisX, destacando-se em cargos executivos na indústria.

HIVE Blockchain adquire Data Center em Boden, Suécia, ampliando operações europeias

A HIVE Blockchain (NASDAQ:HIVE), mineradora de Bitcoin, concluiu a compra de um data center em Boden, Suécia, em um acordo com a Turis AB. Essa aquisição representa um aumento significativo da presença da HIVE na Europa. A instalação, parte do projeto Horizonte 2020 da UE, aumentará a capacidade de produção de bitcoin (COIN:BTCUSD) da HIVE, especialmente com a introdução de servidores ASIC de última geração. O negócio, avaliado em cerca de US$ 2,25 milhões, inclui pagamento em dinheiro e ações, aguardando aprovações regulatórias.

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br