ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

BTC despenca após máximo histórico, Deutsche Boerse estreia plataforma cripto, DWF Labs investe em TokenFi, e mais

LinkedIn

Queda do Bitcoin após alcançar máximo histórico devido a vendas maciças

O Bitcoin (COIN:BTCUSD) experimentou uma queda de 7% logo após atingir um novo pico histórico de US$ 69.208, com vendas intensas nas exchanges de criptomoedas impedindo ganhos além do marco. Grandes ordens de venda na Binance, incluindo mais de 300 BTC a US$ 69.000 e 500 BTC a US$ 70.000, criaram uma resistência significativa ao preço, resultando em uma rápida desvalorização para US$ 64.530 no momento da escrita.

MicroStrategy anuncia emissão de dívida para ampliar reservas de Bitcoin

A MicroStrategy (NASDAQ:MSTR) planeja captar US$ 600 milhões vendendo dívida conversível em oferta privada para financiar a compra de mais bitcoins. Sob a liderança de Michael Saylor, a empresa tem consistentemente aumentado suas reservas de bitcoin desde 2020, possuindo atualmente 193.000 moedas, avaliados em mais de US$ 13 bilhões. Os fundos da venda também serão destinados a propósitos corporativos gerais, aproveitando o recente aumento no valor de suas ações. As ações MSTR, que subiram 24% na segunda-feira, registram queda na terça-feira superior a 16%, em resposta ao anúncio e retração no preço do bitcoin.

Deutsche Boerse lança plataforma de negociação cripto para instituições

A Deutsche Boerse (TG:DB1), a principal operadora da bolsa alemã, anunciou o lançamento de uma plataforma de negociação cripto chamada DBDX para investidores institucionais. A plataforma, que oferece um ambiente regulado para a negociação, liquidação e custódia de criptoativos, começará com negociações baseadas em solicitações de cotação, expandindo-se para operações multilaterais. Em parceria com a Crypto Finance, que recentemente recebeu licenças regulatórias alemãs, a Deutsche Boerse visa assegurar um mercado confiável e regulado para ativos digitais na Europa.

Osprey Bitcoin Trust explora venda ou fusão com ETF

O Osprey Bitcoin Trust (USOTC:OBTC), conhecido por competir agressivamente com o ETF da Grayscale (AMEX:GBTC), agora busca alternativas estratégicas como vender-se ou fundir-se com um ETF de Bitcoin. Este fundo, cujas ações estão sendo negociadas a um valor inferior ao seu real em BTC, também considera outras opções. Caso estas tentativas não prosperem, a empresa planeja encerrar suas operações e liquidar seus ativos em até seis meses.

BlackRock visa incorporar ETFs de Bitcoin em novo fundo de oportunidades

BlackRock (NYSE:BLK), um colosso dos investimentos, propôs à SEC a inclusão de ETFs de Bitcoin em seu novo Fundo de Oportunidades de Renda Estratégica. A empresa pretende adicionar ações de ETPs que espelham o desempenho do Bitcoin (COIN:BTCUSD), incluindo aqueles patrocinados por afiliadas da BlackRock. Com a aprovação recente de ETFs de Bitcoin pela SEC, BlackRock também considera investir em futuros de Bitcoin, alertando sobre os riscos inerentes, como a volatilidade e a possibilidade de perdas substanciais.

VanEck visa expansão significativa em criptoativos na Europa

VanEck, com 69 anos de experiência em gestão de ativos e emissor de ETF de Bitcoin (AMEX:HODL), está otimista quanto ao crescimento de produtos criptográficos em sua divisão europeia, que atualmente representa 10% de seus ativos sob gestão. Martijn Rozemuller, CEO da VanEck Europe, prevê um futuro onde os ativos criptográficos e convencionais se equilibrem mais igualmente na carteira da empresa, potencialmente alcançando uma divisão 50/50. Com uma história de inovação em investimentos, VanEck busca se tornar líder em ofertas de cripto e blockchain, apesar da concorrência no setor.

OrdiZK suspeito de golpe após desvio de US$ 1,4 milhões

O OrdiZK, um projeto que visava conectar os blockchains Bitcoin, Ethereum e Solana, é acusado de executar o golpe de Rug Pull, desaparecendo com mais de US$ 1,4 milhões. A CertiK, empresa de segurança blockchain, relata que os desenvolvedores do OrdiZK retiraram os fundos e desativaram seu site e perfis em redes sociais. O token OZK colapsou, perdendo quase todo o seu valor após os desenvolvedores venderem seus tokens e retirarem Ether de maneira suspeita.

Fantom Foundation busca recuperação de ativos após exploração de US$ 200 milhões

A Fantom Foundation (COIN:FTMUSD), responsável pelo blockchain Fantom, está em processo de recuperar ativos após uma exploração de US$ 200 milhões no protocolo Multichain. Após uma sentença favorável em Singapura, a fundação busca liquidar a Multichain, similar à falência no modelo americano, para distribuir os ativos recuperados. A ação visa facilitar reivindicações de todos os usuários afetados, embora a fundação não possa legalmente agir em nome dos usuários, espera-se que o precedente legal auxilie nas reivindicações individuais.

Montenegro anula decisão de extradição de Do Kwon para os EUA

O Tribunal de Apelações de Montenegro cancelou a extradição de Do Kwon, cofundador do Terraform Labs, para os Estados Unidos, acatando os argumentos da defesa sobre falhas no processo judicial anterior. O caso será reavaliado em instância inferior, após sucessivos recursos de Kwon contra a extradição, tanto para os EUA quanto para a Coreia do Sul, em meio a acusações ligadas ao colapso do ecossistema Terra.

Binance encerra operações com Naira nigeriana em resposta a desafios regulatórios

A exchange de criptomoedas Binance anunciou a descontinuação dos serviços relacionados ao Naira (FX:NGNUSD) da Nigéria, incluindo transações, depósitos e outros, numa saída faseada. Usuários têm até 8 de março para retirar seus fundos em NGN, após o qual serão convertidos em USDT. A decisão segue tensões com as autoridades nigerianas, que acusam a Binance de influenciar as taxas de câmbio e enfrentam possíveis sanções governamentais.

BRICS planeja sistema de pagamento em blockchain para fortalecer independência monetária

O consórcio BRICS, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, está desenvolvendo um sistema de pagamento inovador usando blockchain e outras tecnologias digitais. Segundo a agência TASS, a iniciativa busca criar uma plataforma de pagamento que seja eficiente, rentável e despolitizada, visando a independência dos sistemas convencionais e a redução da dependência do dólar. Esse movimento faz parte dos esforços contínuos do grupo para ampliar sua influência no sistema monetário global e promover a desdolarização.

Argo Blockchain vende propriedade para abater dívida e reestruturar operações

A Argo Blockchain (NASDAQ:ARBK), uma empresa de mineração de Bitcoin, liquidou uma de suas propriedades em Quebec por US$ 6,1 milhões para reduzir suas obrigações financeiras, em resposta a uma diminuição na produção de BTC. Do total arrecadado, US$ 4 milhões foram usados para quitar parte da dívida com a Galaxy Digital, diminuindo o débito para cerca de US$ 14 milhões. A operação também envolveu a transferência de equipamentos de mineração para outra localidade em Quebec e a liquidação de máquinas mais antigas.

Queda temporária de 50% no preço do Shiba Inu na Coinbase surpreende o mercado

O Shiba Inu experimentou uma queda abrupta de 50% na Coinbase, uma grande bolsa americana, antes de recuperar seu valor, destacando uma oscilação atípica no mercado. Esse declínio foi isolado na Coinbase durante uma liquidação mais ampla do mercado, liderada pelo Bitcoin, e não foi refletido nas outras principais bolsas. A anomalia foi atribuída a uma ordem de venda que sobrecarregou a liquidez disponível. Apesar do incidente, o SHIB (COIN:SHIBUSD) registra uma queda de 8,3% em seu valor nas últimas 24 horas.

DWF Labs investirá US$ 10 milhões em TokenFi para impulsionar produtos com IA

DWF Labs compromete-se a adquirir US$ 10 milhões em tokens da TokenFi (COIN:TOKENUSD) em dois anos, visando apoiar o desenvolvimento de produtos inovadores. A compra, feita do tesouro da TokenFi, financiará novas soluções que integram inteligência artificial, incluindo um sistema generativo de IA para NFTs e uma ferramenta de auditoria de contratos inteligentes. A notícia impulsionou o valor do TOKEN, alcançando um novo pico, enquanto inspira otimismo para uma futura ascensão no mercado cripto com foco em tokenização e IA.

Baanx capta US$ 20 milhões em financiamento para expansão global

Baanx, uma empresa britânica de pagamentos em criptomoedas reconhecida pela FCA, angariou US$ 20 milhões em sua primeira grande rodada de financiamento, com aporte de nomes como Ledger e Tezos Foundation. Com o total de fundos ultrapassando os US$ 30 milhões, a Baanx planeja expandir seus serviços inovadores de pagamento cripto para os EUA e América Latina, promovendo uma nova era de transações criptográficas com autonomia total para os usuários.

Utila capta US$ 11,5 milhões em rodada de investimento para segurança cripto

A empresa israelense Utila, especializada em carteiras criptográficas para instituições, angariou US$ 11,5 milhões em financiamento inicial de importantes investidores como NFX e Wing Venture Capital. A rodada de investimento, que contou com a participação de várias empresas e investidores anjos, ocorre em um período de renovação do interesse pelo mercado de criptomoedas. Utila visa aprimorar a segurança no gerenciamento de ativos digitais, utilizando tecnologia avançada para prevenir pontos únicos de falha.

Investidores institucionais planejam ampliar investimentos em criptomoedas, revela pesquisa

Um estudo da Nickel Digital indica que a maioria dos investidores institucionais e gestores de patrimônio pretende aumentar seus investimentos em criptomoedas no próximo ano, motivados por uma visão mais positiva do setor e pelo desempenho recente do mercado. Cerca de 74% dos participantes com ativos digitais em suas carteiras pretendem elevar suas alocações, impulsionados pela aprovação de ETFs de bitcoin e pelo otimismo a longo prazo, com 92% vendo o setor como atraente ao longo de cinco anos. Fundos soberanos e de pensão estão entre os mais inclinados a aumentar seus investimentos em ativos digitais.

Parceria Animoca Brands Japan e KDDI para avançar Web3 com Mocaverse e αU

Animoca Brands Japan e KDDI unem forças para promover a adoção da Web3, utilizando o Mocaverse da Animoca e a plataforma αU. Essa colaboração visa integrar o Moca ID com a carteira αU para facilitar o acesso ao conteúdo Web3, incluindo jogos e entretenimento, dentro do ecossistema Mocaverse. O objetivo é criar experiências imersivas e interoperáveis para usuários globais no universo de jogos e entretenimento Web3, marcando um passo significativo na fusão da cultura digital e física.

Deixe um comentário