ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Ibovespa sobe 0,74%, em dia de vencimento de opções sobre ações e impulsionado pelo avanço de Localiza e Itaú

LinkedIn

O Ibovespa encerrou em alta nesta sexta-feira, em sessão marcada pelo vencimento de opções sobre ações, com vértices da curva de juros recuando até 12 pontos-base na sessão regular, em movimento de descompressão após “steepening” observado na véspera, mesmo após o Copom manter taxa básica de juro em 10,50% por unanimidade.

O Índice Bovespa (Ibovespa), que reflete o desempenho médio das cotações das principais ações de empresas negociadas na BM&FBOVESPA, é formado pelas ações com maior volume negociado nos últimos meses.

O Ibovespa encerrou em alta de 0,74%, aos 121.341 pontos. O volume de negócios ficou em R$ 30,2 bilhões, acima da média de 50 pregões, impulsionado pelo vencimento de opções sobre ações o que traz maior movimentação no mercado. Desde segunda-feira, o Índice Bovespa acumulou alta de 1,40%, interrompendo quatro semanas consecutivas de perdas.

Os juros futuros encerraram a sessão em queda de até 12 pontos-base. O dólar à vista encerrou em leve queda de 0,38%, a R$5,4413, operando sem grande oscilação no pregão de hoje.

Em uma sessão esvaziada de indicadores econômicos e notícias no mercado local, investidores avaliaram as últimas falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em duas entrevistas para emissoras de rádio no Nordeste. Lula disse que o “nervosismo especulativo” em torno do dólar não afetará a atividade econômica.

Lula escalou novamente retórica inflamada contra o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, classificando-o como um “problema sério”. De acordo com Lula, Campos Neto é um “adversário político, ideológico e adversário do modelo de governança que nós fazemos”.

“Está chegando a hora de trocar a presidência do Banco Central, e as coisas vão voltar à normalidade porque o Brasil é um país de muita confiabilidade e esse nervosismo especulativo que está acontecendo não vai mexer com a seriedade da economia brasileira”, complementou Lula, quando questionado sobre os recentes movimentos de estresse no câmbio.

Entre as ações que compõem o Ibovespa, as maiores contribuidoras do índice foram as ON da Localiza, da JBS e da Raia Drogasil, que avançaram 5,22%, 3,86% e 4,07%, na sequência.

Entre as maiores altas percentuais do Ibovespa, destaque para as ON da Cogna, da Embraer e as PN da Raízen, que subiram 7,41%, 4,18% e 3,96%, na sequência. Sabesp foi apoiada pelas últimas definições para a privatização, que deve ter a oferta de ações lançada nos próximos dias, segundo o governo de São Paulo.

Na ponta negativa, destaques para as ON da Petroreconcavo, da CSN e do GPA, que recuaram 2,93%, 2,69% e 2,67%, na ordem.

Os principais índices acionários de Nova York encerram sem direção definida, com o S&P500 e o Nasdaq 100 pressionados pela queda das ações de tecnologia, como os papéis da Nvidia, que vivenciaram um segundo dia de correções, em movimento proliferado para outras ações do setor.

Os índices S&P500 e o Nasdaq 100 recuaram 0,16% e 0,18%, respectivamente, enquanto o Dow Jones avançou 0,04%. Em termos semanais os índices acumularam ganhos de 0,61%, 0,21% e 1,45%, na mesma ordem.

Os Treasuries yields de dois e de dez anos operavam ao fim do dia em queda de 1,4 pontos-base e 0,6 pbs, a 4,730% e 4,257%, respectivamente. O índice Dólar DXY, que mede o desempenho da moeda americana ante uma cesta de divisas, operava em alta de 0,14% a 105,80 pontos, ao fim da tarde.

A sessão também foi marcada pelo tríplice vencimento de opções em ações, índices acionários e índices futuros, que usualmente adiciona mais volatilidade ao pregão.

Dados do PMI Composto da S&P Global avançaram a 54,6 em junho, maior nível em 26 meses, denotando expectativas de taxas de juros mais baixas. O PMI Industrial avançou a 51,7 em junho, acima do consenso, de 51,0. Já o PMI de Serviços avançou a 55,1 em junho, ante consenso de 53,4.

A leitura elevada do PMI Composto, de serviços e industrial sugere qu e a economia encerrou o segundo trimestre de forma sólida, alimentando expectativas entre investidores para apenas um corte de juros pelo Federal Reserve ao fim deste ano.

Papéis de instituições financeiras encerraram em queda conjunta, com o Goldman Sachs perdendo 1,70% na NYSE, após o Federal Deposit Insurance Corp (FDIC) notificar Bank of America, Goldman Sachs, JPMorgan e Citigroup por “dados deficientes” em planos conhecidos como “testamente vital”, que consiste em estratégia para liquidação ordenada no caso de falência.

Book de ofertas: a mais completa do mercado financeiro, acompanhe as ofertas de compra e venda de um ativo e todos os negócios realizados no dia.

Data Variação Pontuação Volume Financeiro
03/06/2024 -0,05% 122.031,58  R$ 20,9 bilhões
 04/06/2024 -0,19% 121.802,06  R$ 20,4 bilhões
05/06/2024 -0,32%  121.407,33 R$ 19,4 bilhões
06/06/2024 1,23% 122.898,80 R$ 18,7 bilhões
07/06/2024 -1,73% 120.767,19 R$ 21,6 bilhões
10/06/2024 -0,01% 120.759,51 R$ 16,4 bilhões
11/06/2024 0,73% 121.635,06 R$ 18 bilhões
12/06/2024 – 1,40% 119.936,02 R$ 25,6 bilhões
13/06/2024 -0,31% 119.567,53 R$ 18,3 bilhões
14/06/2024  0,08% 119.662,38 R$ 17,7 bilhões
17/06/2024 -0,44% 119.137,86 R$ 17,3 bilhões
18/06/2024 0,41% 119.630,44 R$ 18,3 bilhões
19/06/2024 0,53%  120.261 R$ 14,50 bilhões
20/06/2024 0,15%  120.445,91 R$ 21 bilhões
21/06/2024 0,74% 121.341,13  R$ 30,2 bilhões

Confira o ranking completo de todos os papéis negociados na B3.

  1. 💥 Confira os destaques corporativos de hoje 💥

    Banco Mercantil (BMEB3/BMEB4)

    A agência de classificação de risco S&P Global Ratings (S&P) elevou duplamente o Rating Nacional de Longo Prazo atribuído ao Banco Mercantil do Brasil, aumentando de “brA” para “brAA-”. Saiba mais…

    CBA (CBAV3)

    A Companhia Brasileira de Alumínio firmou na data de 20 de junho de 2024, por decisão de ambas as partes, o distrato do contrato de compra e venda da Unidade Niquelândia (Niquelândia), localizada em Goiás (GO), para a empresa Wave Nickel Brasil, controlada pela empresa global de tecnologia New Wave. Saiba mais…

    Light (LIGT3)

    A Light informou que decisão proferida pela 3ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro homologou seu plano de recuperação judicial (PRJ). O documento foi aprovado em Assembleia Geral de Credores entre 25 de abril e 29 de maio. Saiba mais…

    Mills (MILS3)

    O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a compra da JM Empilhadeiras pela Mills, empresa de locação de equipamentos, que também são utilizados no agronegócio. A aquisição inclui a compra dos ativos, assim com todos os contratos vigentes da JM, por R$ 279,5 milhões, divulgou a empresa, em nota. Saiba mais…

    Sabesp (SBSP3)

    O governo paulista aprovou hoje o modelo de oferta de privatização da Sabesp, em reunião do Conselho do Programa de Parcerias em Investimentos (CDPED), informa o Valor. Saiba mais…

    A oferta de ações que culminará na privatização da Sabesp será lançada oficialmente amanhã, com a divulgação a mercado do prospecto da transação. Na tarde de hoje o Conselho de Desestatização se reunirá para definir o preço mínimo da ação na transação e outras condições da oferta. Saiba mais…

    A empresa de saneamento Aegea e a Equatorial Energia estão entre os investidores interessados na oferta de ações que privatizará a Sabesp, de acordo com três fontes com conhecimento da operação, que deve ocorrer em breve. Saiba mais…

    Vale (VALE3)

    A Vale Metais Básicos (VBM), subsidiária da Vale, está perto de chegar a um acordo com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Semas) do Pará para a reabertura das minas de Onça Puma, de níquel, e Sossego, de cobre, informa o Broadcast. Saiba mais…

    O processo de sucessão da presidência da Vale vem causando tensões entre os acionistas e o atual presidente, Eduardo Bartolomeo, informa o Valor. Saiba mais…

    Zamp (ZAMP3)

    O conselho de administração da Zamp, dona das redes de fast food Burger King e Popeye’s no Brasil, elegeu Paulo Sergio de Camargo para ser o novo presidente-executivo da companhia em substituição a Ariel Grunkraut, disse a empresa. Saiba mais…

    (Com informações da TC Mover e Momento B3)

Deixe um comentário