Tipo de fundo: Índice (ETF)

Os fundos de investimento de índice, também conhecidos como Exchange Traded Fund (ETF), têm por objetivo replicar determinado índice de referência, em geral, representativo do mercado de ações.

As cotas desses fundos variam com base no desempenho do índice de referência. São constituídos sob a forma de condomínio fechado, e suas cotas são negociadas em bolsa de valores, assim como são negociadas as ações.

O fundo de índice é a uma alternativa de gestão passiva para o investidor aplicar em bolsa de valores.

A compra ou venda de cotas de ETF pode ser realizada durante o horário normal de pregão da bolsa de valores, sempre por intermédio da mesa de operações ou da plataforma eletrônica de negociações (Home Broker) de uma corretora de valores. Ao aplicar em cotas de um determinado ETF, o investidor adquire indiretamente todas as ações componentes do índice a ele relacionado, sem ter de comprar separadamente as ações de cada empresa, o que representa uma grande economia em taxas de corretagem, além da diversificação de seu investimento.

 

O que é ETF?

ETF (Exchange Traded Fund) é um tipo de fundo de investimento (Fundo de Índice) que busca obter a mesma rentabilidade de determinado índice e cujas cotas são negociadas em bolsas de valores. 

A BM&FBOVESPA disponibiliza o ETF em seu portfólio de produtos e permite que as cotas deste tipo de fundo sejam compradas e vendidas em mercado de bolsa e mercado de balcão da mesma forma que qualquer ação de empresa de capital aberto listada.

Continue lendo

 

O que é Fundo de Índice?

Fundo de Índice é a tradução em língua portuguesa para o tipo de investimento globalmente conhecido como ETF (Exchange Traded Fund). Este tipo de investimento tem como objetivo reproduzir a variação de rentabilidade de um índice, em geral, do mercado acionário.

O patrimônio acumulado pelo Fundo de Índice é dividido em unidades de participação (cotas) pertencentes aos seus investidores. Cada unidade de participação provê o direito à propriedade de uma parte do patrimônio do Fundo de Índice.

Os Fundos de índice são aprovados para listagem e negociação na BM&FBOVESPA e suas cotas de participação são compradas e vendidas em mercado de bolsa e mercado de balcão da mesma forma que qualquer ação de empresa de capital aberto listada.

Continue lendo

 

Quais são as vantagens do investimento em ETF?

ETF é a melhor opção para o investidor que deseja adquirir rapidamente ações das principais companhias abertas negociadas em bolsa de valores. Além de garantir em uma única operação a diversificação de sua carteira de ações, o investimento em ETF representa uma grande economia em taxas de corretagem e em custo de administração deste portfólio de ativos.

Continue lendo

 

Economia de taxa de corretagem

Existem dois modos de se obter a mesma variação de rentabilidade de um determinado índice de ações.

O primeiro é a compra individual de cada ação de empresas que compõem o índice em questão. Neste caso, cada ação adquirida representa uma ordem de compra e, consequentemente, a cobrança de uma taxa de corretagem pela corretora utilizada para intermediar o negócio. Se a corretora em questão cobrar uma taxa de corretagem fixa por cada ordem executada, o custo para adquirir todas as ações que compõem determinado índice aumenta significativamente.

O segundo modo de investir em ações buscando a mesma rentabilidade de determinado índice é através do investimento em ETF (Exchange Traded Fund). Ao aplicarem cotas de um Fundo de Índice o investidor adquire indiretamente uma parcela de todas as ações que compõem o seu índice de referência.

O processo de compra e venda de cotas de ETF é semelhante ao processo de compra e venda de uma ação, ou seja, o investidor adquire todas as ações componentes de determinado índice através de uma única ordem de compra, o que também acarreta a cobrança de uma única taxa de corretagem. Se a corretora utilizada para a intermediação do negócio cobrar uma taxa de corretagem fixa por cada ordem executada, o custo para adquirir o ETF será consideravelmente inferior ao custo da aquisição individual de todas as ações que compõem o determinado índice.

 

Rapidez operacional

Negociar ETF significa comprar ou vender indiretamente todas as ações que compõem determinado índice de ações em uma única operação financeira. Se o investidor optar pela aquisição individual de cada uma das ações que compõem este índice de ações, além de ter que se preocupar com o peso que cada uma destas ações exerce sobre o índice, também teria que executar inúmeras operações de compra para conseguir reproduzir a mesma variação de rentabilidade.

 

Diversificação de investimento

Um dos princípios básicos do mercado de ações é o de diversificar ao máximo o seu investimento, buscando reduzir o risco de se investir em renda variável. É um consenso entre os analistas financeiros que a concentração de seu investimento em uma ou poucas ações aumenta exponencialmente o risco de perdas. O investimento em ETF (Fundo de Índice) proporciona aos seus cotistas a maneira mais rápida e econômica de alcançar um investimento diversificado no mercado de ações, visto que seu índice de referência é composto por ações de diversas companhias abertas distribuídas nos diferentes setores da economia.

 

Redução de custo e tempo de administração

ETF proporciona uma opção de investimento eficiente e com uma baixa taxa de administração, cujo objetivo é buscar refletir a performance de determinado índice de ações sem as despesas operacionais e a constante responsabilidade de efetuar os reajustes necessários a cada alteração da composição do índice subjacente.

 

Negociação em bolsa de valores

Além da facilidade e rapidez operacional de se negociar cotas de ETF do mesmo modo como as ações e outros ativos listados em bolsas de valores são negociados, o investimento em ETF propicia ao investidor benefícios que não estão disponíveis a investidores de fundos de investimento não listados. Benefícios como a utilização do ETF pelos cotistas como margem para a realização de outras operações na BM&FBOVESPA e a possibilidade de alugar as ações que compõem o ETF, conforme permitido pela regulamentação da CVM e da BM&FBOVESPA, são prerrogativas do investimento em ETF e não podem ser oferecidas por outros tipos de fundos de investimento.

 

Como negociar ETF?

As cotas de ETF podem ser negociadas tanto no mercado primário quanto no mercado secundário. O mercado secundário refere-se a operações de compra e venda de cotas realizadas na bolsa de valores. O mercado primário de ETF é onde ocorre a integralização de novas cotas ou o resgate de cotas pré-existentes, diretamente com o administrador do Fundo de Índice, por meio de agentes autorizados. 

Continue lendo

 

Mercado Secundário: Compra ou venda de cotas de ETF em Bolsa de Valores

ETF permite a mesma flexibilidade de negociação das ações das empresas de capital aberto listadas em bolsa de valores. As cotas de ETF são negociadas na BM&FBOVESPA através dos mercados a vista, a termo e de opções.

Antes de começar a investir, é preciso tornar-se cliente de uma corretora de valores mobiliários. Os negócios envolvendo ETF podem ser realizados a qualquer momento durante o horário normal de pregão da bolsa de valores, seja através da mesa de operações da corretora ou via plataforma eletrônica de negociação (Home Broker). Qualquer corretora está habilitada a intermediar a negociação de ETF no mercado secundário.

Os mesmos tipos de ordens utilizadas para a compra e venda de ações são utilizados para a negociação de cotas de ETF: ordem a mercado, ordem limitada, stop loss e stop simultâneo.

A quantidade mínima de negociação de cotas de ETF no mercado secundário refere-se a um lote-padrão, em geral, correspondente a 10 (dez) cotas. É também permitida a negociação de frações de um lote-padrão cuja quantidade mínima é de uma cota.

Os custos relacionados à compra ou venda de cotas de ETF no mercado secundário referem-se ao preço de negociação obtido na bolsa de valores, acrescido dos emolumentos cobrados pela BM&FBOVESPA e da taxa de corretagem praticada pela corretora de valores mobiliários utilizada para intermediar o negócio. Sempre que a negociação de cotas de Fundo de Índice for realizada no mercado secundário – compra e venda em bolsa de valores – a liquidação será realizada em dinheiro.

As despesas de taxa de administração do Fundo de Índice, assim como eventuais receitas provenientes de empréstimos de ações integrantes da carteira, estão incorporadas no valor das cotas da ETF, ou seja, não se traduzem em despesas ou receitas extras durante as transações no mercado secundário de ETF.

As cotas de Fundo de Índice são liquidadas em três dias úteis (D+3), tal qual todas as operações envolvendo a negociação de ações na BM&FBOVESPA.

 

Mercado Primário: integralização ou resgate de ETF

O processo de integralização (emissão) de ETF é o aumento da quantidade de cotas emitidas de um determinado Fundo de Índice. Este processo exige que o agente autorizado entregue ao administrador os ativos da cesta de integralização do fundo em troca de um lote mínimo de cotas do fundo.

O processo de resgate de ETF é a redução da quantidade de cotas emitidas de um determinado Fundo de Índice. Este processo exige que o agente autorizado entregue ao administrador um lote mínimo de cotas do fundo em troca de ativos correspondentes a uma cesta de resgate do fundo.

As transações no mercado primário são sempre conduzidas exclusivamente por agentes autorizados – corretoras ou distribuidoras de títulos e valores mobiliários, devidamente habilitadas e pertencentes ao sistema de distribuição de valores mobiliários, que tenham celebrado um contrato de agente autorizado com o administrador, atuando por conta e ordem do fundo, estabelecendo os termos e condições para integralização e resgate de lotes mínimos de cotas do fundo.

A integralização ou resgate de cotas de ETF devem obedecer à quantidade mínima de cotas de participação estabelecida no regulamento de cada Fundo de Índice. A cobrança ou não de uma taxa de integralização e resgate de cotas de ETF também é estabelecida em regulamento.

No mercado primário, tanto o processo de integralização quanto o processo de resgate de cotas de Fundo de Índice envolvem ações e uma pequena parcela em dinheiro. Caso o cotista de ETF queira receber o valor de suas cotas integralmente em dinheiro deve negociá-las diretamente através do mercado secundário.

Para solicitar a integralização de cotas de ETF, o investidor terá que entregar ao administrador do fundo, por intermédio de um agente autorizado, um ou mais lotes mínimos de integralização (conforme definido em regulamento), compostos pela cesta de integralização do ETF. Cada cesta de integralização será composta por, no mínimo, 95% do seu valor por ações integrantes do índice subjacente e, no máximo, 5% do seu valor por investimentos permitidos ou valores em dinheiro.

Qualquer cotista poderá resgatar suas cotas de ETF em qualquer dia de negociação da BM&FBOVESPA, sendo que estas somente poderão ser resgatadas em lotes mínimos de resgate ou múltiplos inteiros deste valor. As cotas de ETF são resgatáveis através da entrega, pelo administrador do ETF ao cotista, por meio dos agentes autorizados de: uma carteira de ações do índice subjacente; e, conforme o caso, uma quantia em dinheiro (conforme definido no regulamento do ETF).

 

Empréstimo de ações e cotas de ETF

O investidor de ETF pode alugar as suas cotas de Fundo de Índice, obtendo assim uma rentabilidade adicional. Este tipo de negociação depende da intermediação de uma corretora de valores mobiliários e da demanda do mercado por este tipo de operação.

Investidores que necessitem de proteção (hedge) para posições de sua carteira eventualmente podem obtê-la ao alugar as cotas de Fundo de Índice e vender no mercado. Este tipo de operação envolve riscos ao investidor.

O administrador do Fundo de Índice também pode realizar operações de empréstimo, alugando para o mercado as ações relacionadas ao índice de referência que compõem o patrimônio do ETF. A parcela de cotas de ETF não emprestadas diretamente pelos cotistas do fundo também podem ser alugadas pelo administrador do ETF. Nestas situações, nas quais o administrador realiza as operações de empréstimo, o Fundo de Índice se beneficia integralmente da receita gerada.

 

Quais são os custos do investimento em ETF? 

A compra ou venda de cotas de ETF em bolsas de valores (mercado secundário) envolve os mesmos custos relacionados à negociação de ações de empresas de capital aberto.

A compra ou venda de cotas de ETF em bolsas de valores (mercado secundário) envolve os mesmos custos relacionados à negociação de ações de empresas de capital aberto: as taxas de emolumentos cobradas pela BM&FBOVESPA e taxa de corretagem cobrada pela corretora de valores mobiliários. A emissão de novas cotas de ETF ou o resgate de cotas de ETF pré-existentes realizadas no mercado primário podem gerar a cobrança de uma taxa de integração/resgate, caso sua cobrança esteja prevista no regulamento do ETF negociado.

Continue lendo

 

O que é IOPV (Valor Indicativo de ETF)?

IOPV (Indicative Optimized Portfolio Value) é o valor teórico da cota de participação do ETF em um determinado momento. Ele é calculado de acordo com a quantidade dos ativos em carteira, multiplicada pelos respectivos preços mais recentes nas negociações em bolsa de valores. Também conhecido pelo termo Valor Indicativo, o IOPV é calculado a cada 30 (trinta) segundos durante o horário de funcionamento da bolsa de valores, servindo como guia do preço das cotas de ETF negociadas no mercado.

Apesar de utilizar como referência de preço o valor do IOPV, o preço de mercado das cotas de ETF pode estar cotado na BM&FBOVESPA com ágio (valor da cotação maior que valor do IOPV) ou com deságio (valor da cotação menor que o valor do IOPV).

Continue lendo

Nome do Fundo Ativo Fech. Ant. Último Negócio Volume
BB ETF IBOV BBOV11 R$ 66,58 R$ 66,39 (-0,29%) 33.783
BB ETF SP DV BBSD11 R$ 95,54 R$ 94,15 (-1,45%) 346
ETF ESG BTG ESGB11 R$ 129,48 R$ 127,91 (-1,21%) 974
CAIXAETFXBOV XBOV11 R$ 127,21 R$ 126,52 (-0,54%) 593
ETF BRA IBOV BOVB11 R$ 130,24 R$ 129,60 (-0,49%) 86.103
ISHARES SMAL SMAL11 R$ 152,99 R$ 152,09 (-0,59%) 150.577
ISHARES BOVA BOVA11 R$ 125,00 R$ 124,45 (-0,44%) 4.521.510
ISHARES BRAX BRAX11 R$ 109,90 R$ 110,00 (+0,09%) 1.106
ISHARES ECOO ECOO11 R$ 121,60 R$ 121,50 (-0,08%) 62
ISHARE SP500 IVVB11 R$ 234,10 R$ 237,31 (+1,37%) 358.671
IT NOW IBOV BOVV11 R$ 130,75 R$ 130,03 (-0,55%) 601.790
IT NOW IDIV DIVO11 R$ 73,81 R$ 74,00 (+0,26%) 15.074
IT NOW IFNC FIND11 R$ 123,01 R$ 122,39 (-0,50%) 2.555
IT NOW IGCT GOVE11 R$ 57,71 R$ 57,50 (-0,36%) 328
IT NOW IMAT MATB11 R$ 68,20 R$ 68,40 (+0,29%) 1.754
IT NOW ISE ISUS11 R$ 43,42 R$ 43,10 (-0,74%) 319
IT NOW PIBB PIBB11 R$ 224,95 R$ 225,50 (+0,24%) 4.637
IT NOW SPXI SPXI11 R$ 228,44 R$ 231,54 (+1,36%) 119.028
IT NOW SMALL SMAC11 R$ 79,97 R$ 79,15 (-1,03%) 96.384
TREND IFIX XFIX11 R$ 10,16 R$ 10,15 (-0,10%) 24.952
TREND OURO GOLD11 R$ 10,43 R$ 10,37 (-0,58%) 1.456.983
TREND ACWI ACWI11 R$ 10,39 R$ 10,55 (+1,54%) 361.718
TREND CHINA XINA11 R$ 10,09 R$ 10,17 (+0,79%) 231.880
TREND EUROPA EURP11 R$ 10,92 R$ 11,05 (+1,19%) 290.487
CAIXAETFXBOV | XBOV11 ISHARES BOVA | BOVA11 ISHARES BRAX | BRAX11
Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book
ISHARES SP500 | IVVB11 ISHARES ECOO | ECOO11 IT NOW IDIV | DIVO11
Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book
TREND OURO | GOLD11 ISHARES SMAL | SMAL11 TREND EUROPA | EURP11
Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book Gráfico avançado | Cotação | Book
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P: V:br D:20210612 19:59:10