Copel: BNDES e governo do Paraná definem estrutura para reduzir participação na companhia

LinkedIn

O braço de participações do BNDES (BNDESPar) e o governo do Paraná definiram como será a redução da participação do banco de fomento na Copel (BOV:CPLE6).

Segundo o jornal, a BNDESPar, que detém 23,97% do capital total da Copel, vai vender 50% de suas ações na elétrica por meio de follow on.

O objetivo é levantar cerca de R$ 2 bilhões com a operação. A medida faz parte dos planos do BNDES de se desfazer de participações em empresas investidas.

Até agora, o banco já levantou R$ 65 bilhões com a venda de participações em empresas como a Vale, Petrobras e Suzano, mas o objetivo é chegar a R$ 90 bilhões até 2022.Copel e BNDES não comentaram o assunto.

A Copel pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 05 de maio.

Lucro líquido de R$ 3,9 bilhões em 2020, alta de 89,5%

A Copel registrou em 2020 lucro líquido de R$ 3,9 bilhões, alta de 89,5% sobre o lucro de R$ 2,05 bilhões de 2019.

No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 18,6 bilhões, crescimento de 17,4% sobre 2019.

O Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – alcançou R$ 5,26 bilhões, ganho de 23,8% sobre um ano antes.

Informações BDM e Valor

Deixe um comentário