Bolsas europeias fecham em alta com recuperação dos mercados globais

LinkedIn

As ações europeias continuaram em forte recuperação nesta sexta-feira, ao lado de outros mercados globais, após uma liquidação de ações no início da semana de negociações.

O Stoxx 600 pan-europeu fechou em alta de 1,2%, com os automóveis adicionando 1,9% aos ganhos de liderança, enquanto os recursos básicos foram o único setor no vermelho, caindo 1%.

Os mercados na Europa receberam uma forte transferência da Ásia-Pacífico, onde o Nikkei 225 do Japão liderou os ganhos em toda a região após o salto noturno nos Estados Unidos. Todos os três principais índices saíram de três dias consecutivos de vendas com base nos fortes dados do mercado de trabalho, com os pedidos de auxílio-desemprego semanais caindo para um mínimo de 14 meses.

As ações dos EUA ainda estão em curso para uma semana negativa, mas os contratos futuros estão apontando para outra abertura positiva nesta sexta-feira, já que os investidores parecem dispostos a continuar comprando a queda.

A volatilidade do mercado esta semana foi exacerbada por um salto de 4,2% no Índice de Preços ao Consumidor dos EUA em abril, sua taxa de crescimento anual mais rápida desde 2008, o que gerou temores de que o Federal Reserve pudesse ser forçado a apertar sua política monetária acomodatícia.

De volta à Europa, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse que seu governo está preocupado com o aumento da transmissibilidade da nova variante Covid-19 detectada pela primeira vez na Índia e indicou que nada pode ser descartado em esforços potenciais para reduzi-la.

Em termos de movimento do preço das ações individuais, o Man Group ganhou 3,9% para liderar o Stoxx 600 depois que o Credit Suisse aumentou seu preço-alvo. O Commerzbank liderou uma grande recuperação para os bancos, subindo 3,6% após os aumentos do preço-alvo do Independent Research e do Morgan Stanley.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou em alta de 1,6%, sendo cotado a 4.016,12.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em alta, cotado a 7.043,61. Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, subiu 1,5%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana valorizou 1,1%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em alta de 1,4%, sendo cotado a 15.416,64. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

(Com informações do BDM, CNBC e Reuters)

Deixe um comentário