Bolsas europeias fecham em alta com dados de inflação dos EUA

LinkedIn

As ações europeias fecharam ligeiramente em alta nesta segunda-feira, apesar dos temores sobre o aumento da inflação.

O índice pan-europeu Stoxx 600 fechou em alta de 0,2%, as ações dos automóveis tiveram o melhor desempenho, subindo 0,9%, enquanto os recursos básicos ficaram para trás, recuando 1,3%.

 Os investidores de todo o mundo aguardam a divulgação dos principais dados de inflação dos EUA na quinta-feira. Em abril, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 4,2% em relação ao ano anterior, o aumento mais rápido desde 2008.

Também os dados da balança comercial chinesa chegaram a desapontar, por estarem abaixo das expectativas, sobretudo as exportações, que subiram 27,9% e consenso era de 32,3%. Um dado regional negativo foram as encomendas à indústria na Alemanha, que caíram 0,2% em abril ante março, diante do consenso de alta de 0,8%, segundo a Destatis.

No entanto, houve a boa-nova na zona do euro, na qual o índice Sentix de confiança do investidor subiu para 28,1 em junho, ante 21,0 em maio, e o consenso era de 25,4.

Também está no radar a decisão do G-7, no sábado, de concordar com um esboço de um acordo global sobre tributação que poderia dar aos governos maiores direitos de tributar os gigantes da tecnologia dos Estados Unidos. Na quinta-feira próxima, há expectativa do CPI americano de maio.

Euro Stoxx 50 (STOXX:SX5E) índice formado pelas 50 ações com maior liquidez, fechou em alta de 0,2%, sendo cotado a 4.100,43.

Confira o Ranking dos papéis que mais subiram e caíram na Euronext.

O índice FTSE 100 (FTSE:UKX), principal indicador de desempenho do mercado acionário do Reino Unido representando a variação das cem principais companhias da Inglaterra, fechou em alta, cotado a 7.077,22 Veja o desempenho de todos os ativos da terra da rainha.

Em Paris, o Índice CAC 40 (EU:PX1), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores da Euronext Paris, subiu 0,4%.

Na Itália, o índice BIT (BITI:FTSEMIB), composto por ações das 40 maiores companhias negociadas na Bolsa de Valores de Milão, representando 10 diferentes setores da economia italiana valorizou 1,1%.

Confira o Toplist da principal bolsa italiana.

Na Alemanha, o índice DAX (DBI:DAX), composto pelas ações das 30 de empresas negociadas na Bolsa de Valores de Frankfurt (Deutsche Börse), fechou em baixa de 0,1%, sendo cotado a 15.677,15. Confira o ranking completo dos papéis negociados na Alemanha.

Deixe um comentário