O uso das opções para proteção (hedge) de seus investimentos

O mercado de opções foi criado para funcionar como uma espécie de seguro, oferecendo proteção ao investidor em meio às oscilações inerentes ao mercado de renda variável. Na prática, as opções estabelecem limites de preço tanto para a compra quanto para a venda de ativos. A utilização destes limites de preço para proteger seus investimentos pode ser definida pelo termo em língua inglesa hedge ("cerca").

Uma opção de compra garante ao seu titular o direito de adquirir determinado ativo a um valor limite, mesmo que o mercado esteja precificando este ativo-objeto em um valor muito mais alto. Uma opção de venda garante ao seu titular o direito de vender determinado ativo a um valor limite, mesmo que o mercado esteja precificando este ativo-objeto em um valor muito mais baixo.

 

O uso da opção de venda (put) para proteção (hedge)

O investidor que compra uma opção de venda para hedge tem como único objetivo proteger o valor dos ativos de sua propriedade contra uma eventual queda de seus valores de mercado.

Suponha que em Setembro de 2010 você era proprietário de mil ações preferenciais da Petrobras (PETR4) e não tinha interesse em vendê-las a curto ou médio prazo. Apesar de estarem sendo cotadas no mercado à vista em R$ 25,00 cada, você tinha medo que uma eventual crise desvalorizasse indiscriminadamente o valor de mercado de suas ações. Para proteger o seu patrimônio, que naquele momento vale R$ 25.000,00 (= 1.000 x R$ 25,00), você comprou mil contratos de opções de venda PETRV24 a R$ 0,10 cada.

Qual foi a estratégia utilizada para proteger o seu patrimônio? Você investiu R$ 100,00 (= 1.000 x R$ 0,10) para garantir um prejuízo máximo de R$ 1.000,00 no valor total de seu patrimônio no caso de uma eventual desvalorização do mercado de ações até a terceira segunda-feira de Outubro de 2010. Caso a crise de mercado afetasse negativamente as cotações da PETR4, a titularidade das opções PETRV24 garantiriam a você o direito de vender as suas mil ações PETR4 à R$ 24,00 cada, independente de suas cotações no mercado à vista. Em outras palavras, você limitou o seu prejuízo a um valor que estivesse de acordo com a sua estratégia de investimentos. Tal operação de hedge pode ser realizada no mercado de opções da Bovespa.

Esta mesma operação de proteção de valor patrimonial pode ser utilizada com outros ativos como moedas estrangeiras ou mercadorias. Imagine que você viaje para os Estados Unidos frequentemente e mantém uma reserva de dólares em casa. Você não tem interesse em se desfazer de seus dólares mas também não quer que estes percam valor de mercado caso um dia precise vendê-los. A solução é simples: basta comprar opções de venda de dólar em uma data futura garantindo um bom preço de revenda. Tal operação de hedge pode ser realizada no mercado de opções da BM&F.

 

O uso da opção de compra (call) para proteção (hedge)

O investidor que compra uma opção de compra para hedge tem como único objetivo garantir um preço adequado à sua realidade durante o processo de aquisição de determinado ativo.

Suponha que em Março de 2009 você estava disposto a investir R$ 10.000,00 na compra de ações preferenciais da Vale (VALE5). Cada ação VALE5 estava sendo cotada em R$ 50,00 no mercado à vista da Bovespa e você teria condição de adquirir dois lotes de cem ações VALE5 com este capital inicial. O único porém era que você apenas teria o capital total para comprá-las na primeira semana de Abril. Com medo de uma grande valorização no preço destas ações, você decide comprar duzentos contratos de opções de compra VALED50 a R$ 1,00 cada.

Qual foi a estratégia utilizada para proteger o seu patrimônio? Você investiu R$ 200,00 (= 200 x R$ 1,00) para garantir que você teria condição de comprar duzentas ações VALE5 até a terceira segunda-feira do mês seguinte, quando você já teria a sua disposição os R$ 10.000,00 para investir. Caso o bom humor do mercado afetasse positivamente as cotações da vale5, a titularidade das opções VALED50 garantiriam a você o direito de comprar as suas ações VALE5 à R$ 50,00 cada, independente de suas cotações no mercado à vista. Em outras palavras, você limitou o seu investimento a um valor que estivesse de acordo com a sua estratégia inicial. Tal operação de hedge pode ser realizada no mercado de opções da Bovespa.

Esta mesma operação de garantia de manutenção do preço de compra pode ser utilizada com outros ativos como moedas estrangeiras ou mercadorias. Imagine que você seja proprietário de uma exportadora de carnes e feche um grande contrato para exportação de carne bovina para a Rússia daqui a um ano. Você não é um pecuarista e tem medo que o mercado de carne bovina se valorize indiscriminadamente ao longo deste ano. A solução é simples: basta comprar opções de compra de carne bovina com vencimento em uma data futura próxima ao prazo entrega da encomenda a um preço total inferior ao valor total de seu contrato de exportação. Tal operação de hedge pode ser realizada no mercado de opções da BM&F.

Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:43 V:br D:20181020 15:45:18